Núcleos Regionais de Educação

Acesso Rápido

  • Imagem de acesso à página do Conae
  • Escola Interativa Recursos Digitais
  • denuncie a corrupção
  • convocações pss
  • Pertencimento etnicorracial
  • atribuição de aulas e funções
  • grêmio estudantil
  • jogos escolares
  • manual montagem de processos
  • programa de desenvolvimento educacional
  • rede escola
  • Imagem de acesso ao link do seed 70 anos nre pato branco

Núcleo Regional de Educação de Pato Branco

Avenida Brasil, 1171 - Centro - CEP 85.501-027
Pato Branco - PR | Fone: 46 3220-5300 - Fax: 46 3224-2770  mapa Localização

NRE Pato Branco

21/12/2018

NRE DE PATO BRANCO INVESTE NA TRANSIÇÃO DOS ALUNOS DO 5º PARA O 6º ANO

O NRE de Pato Branco e os quinze municípios a ele jurisdicionados, vêm realizando desde 2013, reflexões e ações em torno do processo da passagem dos estudantes do 5º para o 6º ano do Ensino Fundamental, com o objetivo de dar continuidade ao processo ensino aprendizagem, quando ocorre a mudança dos mesmos da rede municipal para a rede estadual.
No ano de 2013, o NRE de Pato Branco iniciou o regime de colaboração com os municípios, quando as técnicas pedagógicas Cristiane Aparecida Fantinel e Oivete de Lucia Chioquetta Mesomo realizaram formação continuada, com carga horária de 32 horas. Nesta formação, participaram um professor representante de cada escola Pública Estadual e Municipal de Ensino, dos quinze municípios. A ação teve o intuito de integrar os professores da rede municipal (5º ano) com os professores da rede estadual (6º ano) e planejar ações, visando facilitar a transição dos alunos dos anos iniciais para os anos finais do Ensino Fundamental.
Em 2013 e nos anos consecutivos, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018, as escolas da rede estadual e da rede municipal, desenvolveram ações, como: escrita de cartinhas dos alunos do 6º ano para os alunos do 5º ano, convidando-os para visitarem a escola da rede estadual que os acolheria no 6º ano, entrega das cartinhas à direção, equipe pedagógica das escolas municipais. No dia da visita, as crianças do 5º ano, acompanhadas pelos seus professores, foram bem recepcionadas pela direção, equipe pedagógica, professores e alunos do 6º ano. Essas visitas, tem como objetivo, familiarizar as crianças com o novo ambiente escolar, proporcionar momentos de integração e amenizar o impacto da mudança.
Em 2016, no primeiro semestre, a técnica pedagógica responsável pela transição dos alunos do 5º para o 6º ano no NRE, Oivete de Lucia Chioquetta Mesomo, visitou os Secretários Municipais de Educação dos quinze municípios, para apresentar o projeto de formação continuada “Articulação entre as duas etapas do Ensino Fundamental: Anos Iniciais (5º ano) e Anos finais (6º ano)”, com carga horária de 80 (oitenta) horas. Para participar do projeto, o município assinou um termo de adesão. A formação continuada aconteceu no 2º semestre e teve como participantes: um professor do 5º ano e um pedagogo de cada escola da rede municipal, um professor do 6º ano e um pedagogo de cada instituição escolar estadual e equipes pedagógicas das Secretarias Municipais de Educação. A ação teve a finalidade de proporcionar aos professores e pedagogos momentos de estudos, reflexões e debates sobre o Ensino Fundamental de Nove Anos, Infância e Adolescência, Planejamento, Currículo, Conteúdos e Expectativas de Aprendizagem e Avaliação e, Transição dos alunos do 5º para o 6º ano do Ensino Fundamental. Os participantes elaboraram um plano de Ação para facilitar a transição e aplicaram em todas as instituições escolares que ofertavam o Ensino Fundamental. Outra ação, foi constituir uma comissão responsável pelo processo de transição dos alunos do 5º para o 6° ano, em cada município, formada por representantes das escolas municipais, estaduais, secretarias municipais de Educação e NRE.
Em 2018, numa das reuniões com os Secretários Municipais de Educação, foi apresentado o projeto “O Eu Contador”, através da Oficina de “Contação de Histórias”, de autoria da técnica pedagógica Evanilda de Souza Trindade, da disciplina de Arte, do NRE. Para a docente, é importante refletir sobre: “Quem é esse contador? Isto foi o que buscamos nesta oficina. Nos descobrir, entender que a contação se faz com o coração...contar sua própria história, viver, sentir”. Todos os municípios aderiram ao projeto, à oficina teve a duração de oito horas, participaram um professor representante de cada Centro Municipal de Educação Infantil, um professor de cada escola municipal, um professor de cada escola/colégio estadual e técnicos pedagógicos das Secretarias Municipais de Educação e NRE.
Paralelo à oficina de Contação de Histórias, a técnica pedagógica Oivete realizou uma reunião com a comissão responsável pela transição dos alunos do 5º para o 6º ano, de cada município. Na ocasião, apresentou a legislação que ampara a articulação entre as etapas de ensino, bem como, sugestões de ações para serem realizadas no final de 2018 e também para início do ano letivo de 2019, com alunos do 5º e do 6º ano, professores e pedagogos das duas redes de ensino.
“Para que o Ensino Fundamental seja um contínuo de nove anos sem rupturas, a rede municipal e a rede estadual devem pensar num currículo integrado/articulador para os anos de transição (5º e 6º ano), e, a oferta de cursos para os professores que atuam nessas turmas, para tratar das especificidades do processo de transição”, afirmou Oivete de Lucia Chioquetta Mesomo, que coordena os trabalhos de transição do 5º para o 6º ano, no NRE de Pato Branco.
A Coordenadora da Educação Básica e Gestão Mariangela Viana, relata que as ações realizadas foram muito importantes, com esse trabalho de transição do 5° para o 6° ano, executado pelas escolas e equipe do NRE durante todos esses anos, apresentou um ótimo resultado, que refletiu no Sistema de Avaliação da Educação Básica do Paraná SAEP, que tem como objetivo produzir informações confiáveis que evidenciem a situação de aprendizagem dos estudantes.


Fonte: NRE PATO BRANCO

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.